Etimologia de Gringo

É reconhecido em 1787, no Segundo Volume do Dicionário Castelhano, do filólogo espanhol Esteban de Terreros y Pandos (1707-1782), onde se descrevem estrangeiros que não sabem se expressar corretamente na língua local, tomando-se as cidades de Málaga e Madri como referência. Também, outra teoria propõe o considera um fenômeno fonético linguístico sobre a palavra grego, cujo passagem se reflete no latim graecus, sobre o grego graikós, destacando-se a expressão latina "Graecum est, non potest legi" (entendida como "Está em grego, não pode ser lido"), como o lendário filólogo Joan Corominas (1905-1997) veio a afirmar.

Porém, há um paralelo que se instala fortemente como adjetivo desqualificante para atingir aos norte-americanos, no contexto do seu posicionamento geopolítico promovido no século XIX, perante a guerra com o México entre 1846 e 1848, surgindo um conjunto de possibilidades vinculadas a expressão depreciativa "go home" (cujo significado corresponde a "Vá Para Casa"), como Green Go Home, alusiva ao general Thomas Green (1814-1864), que teve participação significativa nos conflitos com o México , bem como associado ao War Plan Green e a proposta Green Go, relativos à execução da intervenção, à qual os mexicanos responderam enfaticamente gringo. Em 1849, é observada a documentação do americano John Woodhouse Audubon, que comenta em sua obra Audubon's Western Journal 1849-1850, que a população gritava gringoes durante a sua chegada a Cerro Gordo. Os nomes atuais de San Francisco, San Diego, Las Vegas, Arizona, Califórnia ... não são uma mera coincidência.

A Real Academia Espanhola incorporou o termo em seus registros em 1869, associando-o a grego, no sentido de uma pessoa que não pode se fazer compreender por causa de diferenças lingüísticas, porém, hoje a instituição adverte uma origem indeterminada. Gradualmente, a denominação se estende aos estrangeiros em geral que são reconhecidos pelos cidadãos locais mediante a língua.

Passagem de Audubon's Western Journal 1849-1850, onde e registrada a palavra gringoes

Dicionário Castelhano, segundo volume, 1787, por Esteban de Terreros y Pandos

Buscador