Etimologia de Independentista e Separatista

Duas perspectivas ideológicas para reivindicar ou enfrentar a luta pela identidade territorial que faz parte da constituição da república. A composição do adjetivo independentista expõe: o prefixo in-, dado no latim in-(1), que é entendido como "não" no que diz respeito a negar ou opor-se, e o termo depender, sendo reconhecido em no latim como dependēre, acompanhado do sufixo -nte, visível no latim -ntis, para indicar um adjetivo particípio ativo.

Por sua vez, separatista tem referência no inglês, que remonta ao final do século 19 no contexto político, combinando os elementos: separar (visto no inglês separate), com registro no particípio passado do latim separatus, sobre o verbo separare, forjado pelo prefixo se-, que se refere à distanciar, e parare, em alusão a preparar ou estar pronto, com raiz no indo-europeu *pere-, por fazer, observando, para concluir, o sufixo -ista (visto no inglês -ist), neste caso com raiz no latim -ista em relação ao grego -istḗs, para determinar uma relação partidária.

Tanto para independência quanto para separatismo, a presença do sufixo -ismo determina uma corrente ou modo de pensar, como atribuição linguística.

Desta forma, a partir da leitura e uso midiático e popular, apresenta-se um movimento autoproclamado independentista, que quer independência, mas para quem se opõe, é visto negativa e pejorativamente como separatista, no que diz respeito à separação da sociedade, evidenciando conotações que respondem aos respectivos interesses. Portanto, a maneira mediante a qual chama um conflito desse tipo demonstra uma posição, seja consciente ou inconscientemente.

Buscador