Etimologia de Procrastinar

A palavra tem registros por a partir de meados de 1500 no Francês Médio procrastiner, com base no latim em procrastināre, formulado pelo prefixo pro-, que se refere a 'diante de' ou 'para a frente', e o termo crāstinus, para 'dia seguinte' ou 'amanhã ', conjugando crās, para amanhã, e o sufixo -tinus, como propriedade adjetiva-temporal.

Procrastinação é o comportamento de escolher adiar a realização de uma tarefa ou responsabilidade, generalizada para 'o amanhã', quando poderá ser realizada no presente. Essa ação está associada ao estado de ânimo-emocional da pessoa e ao interesse no assunto.

A popular frase "Não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje", observando seu uso comum no núcleo familiar, por exemplo, de um pai ou de uma mãe para o filho, é atribuída ao ex-presidente dos Estados Unidos Benjamin Franklin (1706 -1790), á quem o escritor Mark Twain ironizou em julho de 1870 na sua coluna Memoranda, para o magazine gráfico The Galaxy, com o título "The late Benjamin Franklin" (que se traduz para o portugues como "O falecido Benjamin Franklin", sem confundir o inglês 'late' com 'tarde' neste contexto), para escrever "Never put off till to-morrow what you can do day after to-morrow just as well. —B.F." (no português, "Nunca deixe para amanhã o que pode ser feito no dia depois de amanhã -B.F.").

Buscador