Etimologia de Arcaico

É regido pelo grego arkhaïkós, cuja formação se baseia em arkhē, por 'principio' ou 'origem', associado ao verbo arkhein, por 'começar' e construindo também uma segunda categoria expondo à ideia de 'liderar' ou 'encabeçar', e o sufixo -ico, na referência grega -ïkós, para moldar o adjetivo da palavra. O francês tem uma forte influência a nível geral, considerando-o como arkhaïque, enquanto no inglês é observado como arkhaic.

Sobre a raiz do verbo arkhein, são reconhecidas duas classes de prefixos, primeiramente, as formas arq- e archeo-, na perspectiva da 'antiguidade', para destacar arqueologia (visível no grego arkhaiología), arqueolítico (conjugação de arqueo-, pelo grego archaio- e lítico, pelo grego lithikós), e o próprio arcaico; em segundo lugar, o prefixo arque-, no contexto de posicionamento 'primeiro' e 'comando', listando arquiteto (visto no grego architéktōn), hierarquia (documentado no grego hierarkhía), arcebispo (marcado pelo grego arkhiepískopos) arquétipo (em grego archétypon) ou arcanjo (no latim tardio arkhangĕlus). Expressam-se assim os dois pontos principais da interpretação desencadeada pelo verbo, a fim de saber diferenciar e evitar confusões.

O Período Arcaico é compreendido entre os séculos VIII e VI AC., como testemunha do desenvolvimento da civilização grega, em particular a nível arquitectónico e artístico, assim como comercial, consolidando a estrutura organizacional da pólis.

Arcaico é uma qualidade associada a algo que remonta a um período da antiguidade e, dentro desse quadro, quanto mais longe no tempo, maior forca cobra. Vincula-se, a partir das suas considerações, com antiquado, no latim antiquāre, porém, este último é utilizado principalmente no plano social para indicar comportamentos ou modos de vestir que não necessariamente se distanciam significativamente no plano histórico.

Buscador