Etimologia de Restaurante

Sua origem se dá por volta de 1765, em Paris, num local de comidas a poucos metros do Louvre, que adaptava uma citação de Mateos 11.28 para expressar: "Venite ad me omnes qui stomacho labouratis et ego seus restaurabo", que pode ser traduzido para o português como "venha a mim todos aqueles que sofrem de dor de estômago e eu os restaurarei". Ali, seu proprietário, Boulanger, denominava seus caldos de sopa como "bouillons restaurants". Deste modo, sua origem está reconhecida sobre o latim restaurāre, que indica o poder de restaurar a partir do contexto da alimentação.

No contexto da gastronomia o uso de galicismos é bem comum. Em espanhol, as palavras aperitivo, barbacoa, cuchara sopera, cocina, guarnición e restaurante provêm da língua francesa, assim como as similares aperitivo, churrasco, colher de sopa, cozinha, guarnição e restaurante do português.

Outros estabelecimentos similares

Na Roma Antiga existiam as thermopilias, estabelecimentos que serviam comida quente. Na Idade Média, haviam pousadas para abrigar e alimentar os comerciantes e viajantes. O mesón era o local destinado para dar hospedagem e comida aos viajantes (a palavra mesón também vem do francês maison e quer dizer casa).

As primeiras tavernas surgiram na Roma Antiga e estavam situadas nos porões dos edifícios

No século XV, em Madri, haviam adegas dedicadas à venda de comida e vinho. Na Espanha e no contexto geográfico da América Latina existem as pensões, estabelecimentos populares que servem comida caseira a preços populares (no México, estes estabelecimentos mais modestos são chamados de fondas e os lugares mais caros são conhecidos como restaurantes ou cafeterias).

Com o passar do tempo, surgiram outras modalidades de estabelecimentos dedicados a servir comidas. As primeiras cafeterias foram fundadas na cidade de Istambul no século XVI e em pouco tempo esses locais destinados ao consumo de café se tornaram moda nos territórios do Império Otomano.

O bistrô francês foi em sua origem um estabelecimento dedicado a servir comida para as classes mais humildes, mas o interesse dos turistas fez com que os transformasse em estabelecimentos de luxo para degustar queijos e vinhos seletos.

Na França, a versão mais popular de restaurante é conhecida pelo nome de brasserie (originariamente nestes locais a cerveja era vendida para os trabalhadores das fábricas).

    : ekaterina_belova

Buscador