Etimologia de Antítese

Reconhece-se no latim antítese, em relação à forma grega antíthesis, governada por anti, entendido como oposição, sobre o indo-européio *ant-, por antes ou em frente, conectando-se à tese, declarada no latim thesis, procedente do grego thésis, postulando uma posição ou conclusão, observando a raiz indo-européia *dhe-, por colocar.

Expressa a idéia de se opor a algo ou alguém, diante de uma maneira de pensar ou se comportar, refletindo-se de maneira ameaçadora e conflituosa, explorando-se na literatura e na arte para apresentar uma figura de inimizade, ou na política mediante um choque ideológico. No entanto, está associado, etimologicamente, do ponto de vista diplomático; no caso, para comparar, o termo antagonista está ligado a uma perspectiva de confronto físico.

Por outro lado, no campo linguístico, compreende uma técnica de contraste numa mesma sentença, que pode ser ilustrado a partir dos componentes: rico e pobre, transparência e corrupção, claridade e escuridão, seco e úmido, limpo e sujo. Assim, por exemplo, pode-se argumentar que "o atual governo nacional se caracteriza por sua transparência, deixando para trás um período de corrupção que prejudicou a sociedade como um todo".

    : Valery

Buscador