Etimologia de Batismo

Encontra raízes no latim tardio como baptismus, sendo adaptado do grego baptismós. Por sua vez, identifica-se o vínculo com o verbo batizar, originado no latim tardio como baptizāre, com referência no grego baptízein, interpretado como submergir, no contexto de um processo de limpeza espiritual e física. Adquiriu seu pleno significado quando os primeiros cristãos introduziram a imersão na água como ritual de iniciação.

Segundo os Evangelhos de Mateus, Lucas, Marcos e João, o pregador João Batista foi precisamente aquele que batizou Jesus nas águas do rio Jordão. Este momento é comemorado entre os católicos na Festa de Batismo do Senhor, celebrado no domingo seguinte após a Epifania.

Um sacramento para os cristãos

Em primeiro lugar, a finalidade deste sacramento consiste em apagar o pecado original da alma, aquele com o qual nascemos para tornarmos filhos de Deus. Assim, quando se fala em pia batismal significa que é a fonte por onde saem os novos filhos de Deus. Nesta mesma linha, dentro do catecismo católico, afirma-se que é a porta de entrada para o resto dos sacramentos.

Por outro lado, os discípulos e seguidores de Jesus promoveram o batismo em vários territórios, dos quais se dedicavam à evangelização.

Destacam-se dois ritos cristãos que acompanham este sacramento. O padre pergunta aos pais da criança o que eles querem com o batismo de seu filho (a resposta para esta pergunta é a "vida eterna"). Em segundo lugar, aqueles que se comprometem com o sacramento assumem três atitudes vitais: evitar o pecado, rejeitar a tentação e não aceitar o diabo.

A partir do sacramento do batismo, o cristão expressa um compromisso de amor a Deus, uma aproximação à figura de Jesus Cristo e um desejo de proximidade com a igreja.

Os elementos simbólicos

O rito litúrgico atua também em outros elementos. A água representa a ideia de purificação da alma, o óleo abençoado simboliza a força do espírito e a luz da vela acesa representa a luz de Jesus Cristo que ilumina a vida. Ao mesmo tempo, a roupa branca do recém-nascido simboliza a pureza da alma.

Em outros contextos da linguagem

Quando uma pessoa inicia em uma nova atividade também utilizamos esta palavra. Assim, quando um soldado realiza sua primeira intervenção em um campo de batalha, fala-se sobre um "batismo de fogo". Por outro lado, o fato de colocar água no vinho é conhecido pela expressão "batizar o vinho" (a prática do vinho aguado era muito comum no passado e foi realizado para obter uma maior quantidade de vinho ou então para evitar uma possível embriaguez).

    : Serhii

Buscador