Etimologia de Universo

Originado no latim como universus, está formado a partir da combinação de dois elementos: unus, que se refere a um, estabelecendo uma visão de unidade única contemplando o conjunto de coisas relacionadas, tendo uma raiz indoeuropeia como * oino-; por outro lado, versus, o particípio passado de vertere, indica um movimento giratório. Assim, em seu sentido etimológico, universo equivale a "aquele que gira". Em nosso idioma, empregamos este vocábulo para referir ao conjunto de tudo que existe, sabendo valorizar que a ideia científica do universo apareceria em etapas posteriores consolidando-se nos dias de Cícero.

A astronomia é a ciência que estuda o universo e suas leis

Para a comunidade científica, a criação de tudo o que existe começou com uma grande explosão, também conhecida como Big Bang. Por outro lado, os astrônomos estudam os planetas que formam o sistema solar, os elementos que compõem os planetas, os demais sistemas planetários e, logicamente, as leis que governam o universo.

Apesar dos avanços realizados pelos astrônomos, o conhecimento do cosmo esconde todos os tipos de enigmas. Não há uma teoria definitiva sobre o que poderia ter existido antes do Big Bang, não sabemos como e de onde surgiu a primeira energia criativa e ignoramos o processo de formação das estrelas.

Outros significados e princípios relacionados

Quando falamos de um todo, não referimos necessariamente à totalidade do que existe. Assim, quando falamos sobre a criação artística de um indivíduo, tudo o que lhe rodeia é seu universo.

No campo acadêmico, a universidade é uma instituição criada na Idade Média, na Europa, e esta denominação foi empregada porque os alunos e professores que formavam a comunidade educativa provinham de outros territórios, ou seja, de todo o mundo (a palavra universidade deriva do latim universum).

Do ponto de vista religioso, algumas doutrinas falam sobre a verdade universal ou verdade absoluta.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948

Após a Segunda Guerra Mundial, a Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas acordou a elaboração de um documento destinado a promover os direitos humanos em todo o planeta. Este documento, conhecido por sua abreviação DUDH, pretendia e pretende estabelecer um plano de ação para todos os povos e nações assumam os princípios de igualdade, dignidade e liberdade. Em outras palavras, a DUDH se fundamenta em um critério de universalidade.

Sua dimensão e importância são globais por um motivo duplo: porque o documento foi aprovado pela maioria das nações e porque seu conteúdo especifica que todos os seres humanos são iguais, independentemente de sexo, raça ou religião.

    : Sabelskaya, Aluna1

Buscador