Etimologia de Caridade

É observado no latim como carĭtas, manifestando o amor que surge de Deus. Assim, ao amar e ser amado por Deus, o ser humano pode ver o próximo como um irmão. Este sentimento profundo deve ser traduzido em ações concretas e por este motivo se fala de ações caritativas.

Um sacramento essencial no Cristianismo

Este bem espiritual é uma parte essencial da religião cristã desde suas origens. De maneira simplificada, pode-se dizer que consiste em não buscar o interesse pessoal, mas compartilhar alegria e sofrimento com os outros.

Este sentimento está associado por sua vez à ideia de pertencer a uma comunidade, seja a família, o bairro, os amigos ou a pátria. O amor implícito numa ação de caridade é o que cria laços em qualquer comunidade humana.

Na Eucaristia há uma referência explícita a este sacramento, pois nela a figura de Jesus Cristo expressa seu amor a toda humanidade. O ato litúrgico e simbólico da caridade de Jesus Cristo provém de sua relação pessoal com seus discípulos, já que antes de morrer na cruz lavou os pés de seus seguidores como ato de humildade e proximidade. Isto significa que o ato de caridade é aquele que nos aproxima a Deus e, ao mesmo tempo, nos permite uma maior proximidade espiritual com os demais.

As obras de misericórdia na tradição cristã são inspiradas também na vida de Jesus de Nazaré

Para um cristão não basta sentir a caridade, pois é necessário demonstrá-la com obras e ações concretas. Nesta linha, os cristãos conhecem algumas de suas obrigações de amor ao próximo, tais como visitar os doentes, dar de beber àquele que tem sede e de comer ao faminto, assim como hospedar um peregrino.

Vale observar, por outro lado, que existem obras de misericórdia espiritual, como perdoar as ofensas, consolar aquele que precisa ou rezar pelos vivos, assim como pelos mortos.

A solidariedade é a versão laica da caridade

O rótulo "ação caritativa" faz parte da tradição religiosa dos cristãos. No entanto, este conceito tem perdido força gradualmente como consequência da perda de fé em vários setores da sociedade. Dentro de um contexto laico e não religioso, a palavra solidariedade é usada no lugar do termo caridade.

A solidariedade é uma motivação moral independente das crenças religiosas, enquanto que a caridade é inspirada no amor a Deus para projetar-se ao próximo. Para alguns, a solidariedade tem uma dimensão horizontal, pois significa tratar o outro por igual; já a caridade é vertical, pois aquele que tem muito renuncia uma pequena parte para oferecer a um necessitado (neste sentido, aquele que recebe uma ação generosa pode sentir-se humilhado).

São ideias e sentimentos muito afins, assim, pode-se dizer que a solidariedade é uma forma de entender a caridade. Além dos aspectos e diferenças entre uma ideia e outra, há um elemento em comum: a ajuda ao próximo.

    : Rodnikovay

Buscador