Etimologia de Denegrir

Observa-se no latim denigrāre construído a partir do prefixo de-, que atribui uma posição de superioridade, niger, que se refere a preto ou escuro, e o sufixo -ar, associado ao latim -āris, para indicar relação, significando a ação de sujar ou manchar a honra de uma pessoa, cuja referência está documentada desde o século XVI. Faz parte de um conjunto de palavras em torno de uma discriminação racial histórica, a partir da qual a ideia de negro é construída em associação a temas negativos, observando o contraste com a palavra branco, cuja família lexical projeta uma imagem virtuosa, pura e iluminada.

Negro é culturalmente trabalhado como sinônimo de infortúnio, mal e ilegal, como a maioria dos diccionarios validam em suas linhas, formalizando usos depreciativos, visível em todos os idiomas. Por exemplo, na Real Academia Espanhola e possivel ler -e citamos textualmente- “trabalhar como negro” em referencia ao termo negro. Esta última manifestação pública do dicionário forjado por intelectuais da língua é uma pena. Da mesma forma, quando se consulta a palavra política, não se encontra qualquer referência à corrupção, embora haja um paralelo permanente ao longo da história. É preciso entender que existem usos de uma palavra, transformações de significados, e em outra etapa se expõe o reconhecimento e a legitimidade dessas formas, entendendo decisões arbitrárias que transmitem posições ideológicas que buscam influenciar a sociedade.

Buscador