Etimologia de Geologia

Esta palavra não oferece nenhuma interpretação misteriosa em relação à sua etimologia. Assim, é formada por dois vocábulos gregos: geo, que quer dizer terra e, por outro lado, logia, que significa ciência ou conhecimento. Esta disciplina científica trata do estudo da geosfera, ou seja, a parte interna e externa do globo terrestre.

O prefixo geo em português aparece em outros ramos do conhecimento, como geodesia, geografia ou geopolítica. Não se deve esquecer, por outro lado, que a visão do universo anterior ao heliocentrismo era conhecida pelo termo geocentrismo.

O uso de rochas na pré-história e o primeiro tratado científico

No período Paleolítico os homens interagiram com a matéria rochosa que havia ao seu redor (na terminologia empregada pelos geólogos, fala-se da cultura dos seixos esculpidos ou "pebble culture” em inglês). Já no Neolítico, as pedras foram utilizadas para fins específicos, principalmente para moer os alimentos.

O descobrimento do cobre e do estanho estabeleceu um passo fundamental no surgimento da idade dos metais (o aquecimento dos dois minerais dá origem ao bronze, um material de grande dureza que permite a fabricação de utensílios mais resistentes).

A origem remota desta área do conhecimento está diretamente relacionada a uma necessidade vital do ser humano: compreender seu entorno natural e melhorar suas condições de vida. Na antiguidade já havia um interesse crescente para entender todo tipo de aspecto relacionado ao mundo que nos rodeia: os tremores da Terra, a utilidade das pedras e o significado dos restos fósseis.

Vale lembrar e destacar que os primeiros sismógrafos foram inventados na China há dois mil anos.

O primeiro tratado científico sobre a Terra se remonta ao século IV a. C e foi escrito por um discípulo direto de Aristóteles, Teofrasto. O título da obra (Sobre as pedras) revela o interesse por compreender a estrutura material do planeta.

Uma disciplina com diferentes ramos

A geofísica é uma ciência aplicada que estuda os fenômenos naturais do ponto de vista físico e matemático. Esta disciplina analisa todo tipo de fenômeno: os tornados, a erupção dos vulcões, os terremotos e tremores da Terra. Sua finalidade consiste em facilitar as previsões dos acontecimentos da natureza.

A geologia ambiental está focada na prevenção de riscos que afeta o meio ambiente e no aproveitamento dos recursos naturais.

A geologia planetária estuda os impactos dos asteroides e vulcões sobre a Terra, assim como as montanhas dos planetas do sistema solar.

Um aspecto comum para seus diferentes ramos é a prospecção, especialmente no campo da mineração. Os depósitos de minerais e os estudos topográficos exigem técnicas avançadas de prospecção.

    : lcrribeiro33

Buscador