Etimologia de Liturgia

Localiza-se no latim tardio como liturgĭa, no que se refere a um ato, serviço ou culto de índole pública, sobre a referência grega leitourgía, que compreende o dever ou tarefa ministerial, associada à leitourgos, para destacar a figura que se ocupa do ato, construído a partir dos elementos leito-, que indica aquilo que é público, vinculado a laos, remetendo ao conjunto de habitantes, e para completar a ideia, o sufixo –ergos, por ergon, por trabalho ou dever, com raiz no indo-europeu *werg-, por “fazer". Em sua origem significava o trabalho do povo.

Vale ressaltar que na Grécia Antiga havia uma instituição financeira com esta denominação que consistia em financiar e organizar espetáculos teatrais por parte de cidadãos com altos rendimentos. Os gregos dessa época usavam também esta palavra para referir a qualquer ato em que o povo reconhecia os méritos de um cidadão exemplar.

Com o passar do tempo, este vocábulo adquiriu seu significado atual, ou seja, os atos cerimoniais que fazem parte de uma instituição religiosa ou civil.

O ano litúrgico para os católicos

Além da divisão temporal baseada no calendário gregoriano, os católicos utilizam outra denominação: ano litúrgico. Esta forma de dividir ou organizar o ano é a seguinte:

1) a Páscoa é um período de cinquenta dias,

2) logo vem um período ordinário com mais de trinta semanas,

3) posteriormente vem o período de Advento, formado pelas quatro semanas anteriores à celebração do Natal,

4) depois do Natal vem um novo período ordinário e

5) após os quarenta dias da Quaresma finaliza o ano litúrgico.

O simbolismo das cores litúrgicas

Em relação às cores, estas também têm um significado único para os católicos.

- A cor verde nos ornamentos da igreja simboliza a ideia de esperança na pregação do Messias e é utilizada nos períodos litúrgicos ordinários.

- o branco é usado na época da Páscoa e simboliza o ideal de pureza.

- A cor roxa é usada tanto na época da Quaresma como na do Advento (no primeiro simboliza a penitência e no segundo representa a espera pela chegada do nascimento de Cristo).

- A cor rosa serve para mostrar que o período de penitência está finalizando (por exemplo, no caso do Advento esta cor é usada no terceiro domingo, já na Quaresma é empregada no quarto domingo).

- Por último, a cor preta é protagonista nos funerais e nas missas de réquiem.

A liturgia da palavra

O conjunto de ritos integrados na Eucaristia tem um significado geral: dar relevância ao que Deus faz por nós. Assim, durante a celebração de uma missa, os textos sagrados deixam de ser simples livros para serem a palavra de Deus.

    : Renata Sedmakova

Buscador